Suíça: A maioria é a favor do acordo com a União Europeia

Compartilhe esse post:

A primeira pesquisa representativa do acordo mostra amplo apoio da população – especialmente na Romandia.

De acordo com a primeira pesquisa representativa sobre o acordo institucional do instituto de pesquisas sociais (GFS.Bern), atualmente 60% dos suíços apoiam esta iniciativa. 35 por cento dos eleitores suíços são contrários ao acordo. A pesquisa foi encomendada pela associação farmacêutica Interpharma.

Em geral, os acordos bilaterais são avaliados de forma mais positiva do que em anos anteriores. A população vê uma correlação clara entre relações estáveis ​​com a União Europeia e a prosperidade da Suíça. O apoio ao acordo institucional conta com quase todos os partidos políticos, exceto o SVP, um partido nacionalista conservativo populista de direita, visto na Suíça como um partido retrógrado.

As razões pelas quais os eleitores votam a favor ou contra o acordo baseiam-se principalmente em preocupações econômicas. Mais de dois terços (69 por cento) de todos os entrevistados observam que o acordo-geral proporciona à economia suíça a segurança jurídica e de planejamento necessário para a evolução do pais. De acordo com a pesquisa, 64% de todos os entrevistados estão cientes da erosão dos acordos de acesso a mercados existentes.

A Indústria farmacêutica nos acordos-gerais

“Os resultados da pesquisa mostram que a população suíça esta conscientes da importância de acordos bilaterais na Europa”, diz René Buholzer, CEO da Interpharma, num comunicado à imprensa. “A ideia de um acordo-geral institucional acabou de começar e precisa de persuasão contínua para destacar a importância das relações estáveis ​​com os nossos principais parceiros económicos”.

Para a industria farmacêutica, especiais são os acordos sobre as barreiras técnicas ao redor do comércio e a livre circulação de pessoas no território europeu. Para obter o caminho bilateral, promover ainda mais a expansão do acesso ao mercado e evitar a erosão dos acordos de acesso aos mercados existentes, a Interpharma considera um acordo institucional entre a Suíça e a União Europeia, de grande importância.

Fonte: Der Bund

 

Compartilhe esse post:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares