Brasileiro José Aldo é nocauteado em luta pelo cinturão peso-galo do UFC

Compartilhe esse post:

Não deu para José Aldo na disputa do cinturão peso-galo do UFC. Em evento realizado na Ilha da Luta, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, no último sábado, o brasileiro acabou nocauteado no quinto round pelo russo Petr Yan.

Assim, Aldo perdeu a chance de voltar a ser campeão do maior evento de artes marciais mistas (MMA, na sigla em inglês) do mundo. Ele, por longo tempo, deteve o cinturão na categoria peso-pena.

O UFC 251 ainda teve outras duas disputas por título. No co-main event, o australiano Alexander Volkanovski manteve o cinturão dos pesos-pena ao vencer por decisão dividida o havaiano Max Holloway. Já pelos meio-médios, também por decisão, mas desta vez unânime, o nigeriano Kamaru Usman derrotou o americano Jorge Masvidal e seguiu campeão.

Vale destacar que quem estava escalado para enfrentar Kamaru era o brasileiro Gilbert Burns. Ele foi afastado do evento uma semana antes por testar positivamente para coronavírus. Assim que se recuperar, terá a chance de disputar o cinturão frente ao nigeriano.

Duas lutadoras brasileiras compuseram o card principal. Em luta válida pelo peso-palha, Jessica “Bate-Estaca” Andrade perdeu por decisão para a americana Rose Namajunas. Já Amanda Ribas, no peso-mosca, teve um melhor desempenho e finalizou, ainda no primeiro round, Paige Vanzant, dos Estados Unidos.

Compartilhe esse post:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares