A situação dos leitos nos hospitais suíços

Uma curta análise da ocupação de leitos nas unidades de terapia intensiva suíças por causa da Covid-19.

As autoridades estão atualmente reavaliando a situação na pandemia na Suíça. Os inúmeros encaminhamentos de pacientes para unidades de terapia intensiva (UTIs) e o elevado número de óbitos são preocupantes.

O número de novas infecções teria que diminuir ainda mais para aliviar as unidades de terapia intensiva e principalmente as equipes de enfermagem. Um total de 1140 leitos de terapia intensiva estão em operação na Suíça, a capacidade máxima poderia ser aumentada para 1400, mas o pré-requisito para isso é que haja pessoal de enfermagem saudável suficiente disponível. 872 leitos de terapia intensiva estão ocupados atualmente (76%), dos quais mais da metade (504) estão com pacientes com Covid-19.

As forças-armadas estão operando efetivamente em todos os cantões do oeste da Suíça. De acordo com Yvon Langel, general do Exército suíço, duas empresas médicas foram mobilizadas e 600 voluntários responderam aos chamados sem aviso prévio do exército para a ação. Atualmente, existem 500 militares espalhados pelos cantões, mais da metade deles em serviço de assistência nos hospitais.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares