Morte de Maradona causa comoção na Argentina e no mundo esportivo

Um dos maiores jogadores de futebol da história, Diego Armando Maradona faleceu aos 60 anos, no dia 25 de novembro, vítima de uma parada cardiorrespiratória em sua casa, em Buenos Aires. A morte do ícone do esporte mundial causou enorme comoção em seu país e em toda a parte.

Para se ter uma ideia da importência do ex-atleta, ele foi velado na Casa Rosada, sede do governo argentino, algo que não acontecia desde 2010, com o ex-presidente Néstor Kirchner.

Milhares de pessoas estiveram presentes ao velório, causando até certo tumulto e ignorando medidas de segurança em meio à pandemia do novo coronavírus.

Posteriormente à solenidade que aconteceu no dia seguinte ao falecimento do ídolo, Maradona foi enterrado no cemitério Jardin de Bella Vista. Seu corpo, inclusive, foi sepultado para descansar ao lado dos seus pais. A cerimônia foi restrita a familiares e amigos íntimos. Teve apenas 25 pessoas.

Em relação ao mundo do esporte, muitos se manifestaram por intermédio de suas redes sociais. Um deles foi Pelé, o Rei do Futebol. Visto por muitos como um rival de Maradona no posto de maior de todos os tempos, o ex-atleta brasileiro falou com grande carinho do craque argentino.

Veja postagem que Pelé fez em seu Instagram em homenagem ao amigo Maradona:

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares