Com Covid-19 ainda em alta, Emmanuel Macron endurece confinamento em toda a França

Em virtude da nova alta nos casos de coronavírus, o presidente da França, Emmanuel Macron, anunciou nesta quarta-feira o endurecimento nas regras de confinamento em todo o país. Tais medidas entrarão em vigor a partir do próximo sábado e irão durar, no mínimo, quatro semanas.

As medidas anunciadas pelo governo francês são as seguintes:

— Toque de recolher às 19h
— Incentivo ao trabalho remoto, sempre que possível
— Fechamento do comércio considerado não essencial
— Limite do deslocamento a, no máximo, 10 quilômetros
— Proibição de viagens entre as regiões diferentes da França
— Fechamento de escolas por três semanas, com calendário adaptado, aulas virtuais e ampliação das férias de primavera.

Macron também anunciou a abertura de mais leitos de UTI, com ampla mobilização da rede hospitalar e afirmou ter como intenção acelerar a vacinação a ponto de imunizar contra a Covid-19 todos os maiores de 18 anos até o verão francês, em setembro.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares