Parlamento suíço se reúne com presidente Biden

O encontro do presidente dos Estados Unidos com Vladimir Putin em Genebra no próximo dia 16 também servirá como oportunidade para o governo suíço trocar ideias com Joe Biden.

O atual presidente federal suíço Guy Parmelin e o ministro das Relações Exteriores, Ignazio Cassis, se encontrarão com o presidente dos Estados Unidos em Genebra, no dia 16 de junho: anunciou a Casa Branca na quinta-feira (3). A Suíça foi escolhida como local para o primeiro encontro entre Biden e seu homólogo russo Vladimir Putin.

“A Suíça e os EUA possuem relacionamentos próximos e diversos. Meu colega Ignazio Cassis e eu seremos capazes de desenvolver isso em uma reunião bilateral com o presidente Joe Biden no contexto da cúpula EUA-Rússia em Genebra” twittou Parmelin na noite de quinta-feira.

A primeira viagem de Biden ao exterior o levará na próxima semana à cúpula do G7 (11 a 13 de junho) na Grã-Bretanha e à principal reunião da OTAN (14 de junho) na Bélgica. O presidente dos EUA, então, viaja para Genebra, onde deseja abordar a relação tensa entre os EUA e a Rússia.

Por muito tempo, Putin deixou em aberto se aceitaria o convite de Biden para uma reunião pessoal, mas depois finalmente aceitou o convite no dia 25 de maio. Para o russo, é a primeira viagem ao exterior desde a eclosão da pandemia corona. O objetivo é desenvolver as relações russo-americanas, disse o Kremlin.

Biden é considerado crítico do governo russo e já descreveu Putin como um “assassino”. De qualquer modo, os EUA impuseram sanções ao pais por conta de suspeitas de intromissão nas eleições presidenciais dos EUA no ano passado.

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *